(Des?)

Adormeci sem ti , mas esperei que viesses . Aguardei pelas letras num pequeno ecrã , neste momento é tudo o que tenho de ti. Letras. Há muito tempo que não tinha uma noite tão má. Tu não sabes mas da segunda vez que acordei todo o meu corpo exigia algo que eu não lhe sabia dar. Senti-me quente , e a minha cabeça parecia uma máquina trituradora prestes a explodir. Acabei por ir vomitar e regressar á cama.

 Hoje não sonhei contigo, não me atormentaste. É incrivell como as coisas podem mudar numa noite. É fantastico como eu hoje acordo sem sorrir por tua causa. Hoje esperei por ti novamente. Nada, nenhum sinal. Nenhuma letra, toking, chamada ou seja o que for. E é então que me pergunto. Mas porque é que eu espero? Tu não tens obrigaçao de me aconchegar, de me fazer sorrir, de me aquecer o coração .

 O facto de não teres respondido fez-me recuar neste nosso Mundo. Será que vale mesmo a pena arriscar a minha segurança por ti ?


- Eu prometo guardar-te a sete chaves. (...)


Tu nunca percebes nada do que te digo.

sinto-me: iludida
publicado por Lébasi às 10:53