.

Não, hoje perdi as palavras. Hoje doeu demasiado.

publicado por Lébasi às 20:28