.

Já não sinto o mesmo por ti . Aquele friozinho na barriga que sentia ao ler as tuas mensagens , aquela vontade de correr para te abraçar quando cruzávamos o olhar, o olhar de criança ao ver-te sorrir , não sei para onde foram. É incerto o meu coração, é inconstante o meu pensamento. Penso em ti e sorri-o mas algo está a mudar. Já não corro por ti, adianto-me aos teus passos . Já não fico triste quando és arrogante, é uma opção tua.

 Não entendo porque é que tudo mudou. Talvez as tuas atitudes me tenham transformado mas desta vez sou eu que escolho iniciar a guerra. És um player mas a meu lado és o meu menino. És um cabrão mas a meu lado és o meu chú. Odeio sentir-me nada , odeio ser nada , odeio pensar que me vez como nada . Ainda assim , adianto-me a ti. Percebi que não tenho de me proteger, tenho apenas de saber separar.

publicado por Lébasi às 19:59