.

Escrevo-te isto com as lágrimas nos olhos e sem deixar que as palavras se percam na minha linha de pensamento que tens por vicio atormentar. Eu nunca te pedi que ficasses , nunca te dei as palavras que te prendessem a mim , se o fiz foi sem a mais pequena intençao . Todo o meu ser grita para que fiques , todo o meu coração implora para que os teus passos sejam dados na minha direcçao e tu finges ser cego, surdo e mudo . Posso dizer que não importa , mas importa . Importa-me a mim por me ter deixado iludir sabendo que eras um veneno letal. Não consigo perceber o que sentes , somente o que dizes sentir e as tuas palavras em nada se encontram com os teus gestos.

 Um beijo designa-se puramente nisso, um simples toque de lábios onde as bocas procuram abrir-se na esperança de uma bater acelerado do coração. O teu abraço transmite-me a segurança que preciso para fechar os olhos a todas as vezes em que me magoas e calar a voz de cada vez que me perco nas tuas atitudes. mas desta vez sou incapaz de o fazer. Desta vez, só procuro que te guardes em silencio e que nada me digas. O ser humano é confuso, eu sou sem mil vezes pior. Procura-me na turbulencia das ondas num dia de mar agitado ou no vento forte que sopra no Inverno. Procura-me no calor asfixiante dos dias de verão e no sabor de um gelado. Procura-me, procura-me e mente-me. Mente-me , mente-me. Ilude-me. Atira-me todo o amor que nao sentes para os olhos, mas faz-me pensar que és meu por um segundo que seja. Deixa-me perder toda a estupidez que encontro em mim e simplesmente voar. mas tu nao atiras, mantens-te firme , num castelo no qual eu me deixei entrar e agora nao encontro uma saida. tal labirinto em que me perdi por opçao propria. e eu descobri a saida hoje, descobri-a quando os nossos corpos se cruzaram e tu nao paraste . seguiste o teu caminho , e eu nada fui . estava lá, está aqui, e eu sou incapaz de caminhar para ela.

 Agora digam-me que o ser humano é confuso, digam-me que ninguem compreende as mulheres e que os homens sao bipolares. gritem-me isso com toda a força que os vossos pulmões possuam que eu vou sussurar : as mulheres sao compreensiveis e os homens tambem. todos sabem o que querem, apenas nenhum deles tem a lata de seguir o coração. medo? talvez. a cabeça aprende, o coração ilude-se.

 

( nao derramei uma lágrima que fosse, nao agora, mas já o fiz antes e farei-o dentro de momentos )

 

publicado por Lébasi às 19:41